Foi hoje, a 27 de Novembro de 2019, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, que Ricardo Luz, de 31 anos, do Restaurante Bon Bon, se sagrou vencedor da 30ª edição do Chefe Cozinheiro do Ano. O maior concurso de cozinha para profissionais teve, nesta edição e pela primeira vez, o Douro como paisagem, tendo sido levada a cabo no centro do Porto.

Ainda no que toca a títulos, António Queiroz Pinto, de 26 anos, do Restaurante de Tormes, acabou por ser o vencedor do prémio Helmut Ziebell. Concluídas as provas, e as demonstrações que marcaram o dia, seguiu-se a estreia do documentário “30 – O Chefe Cozinheiro do Ano e a Cozinha em Portugal”. Após a exibição deste, os convidados passaram para o Salão Nobre do Centro de Congressos da Alfândega do Porto onde se levou a cabo o jantar e a cerimónia de entrega de prémios.

Bruno Ribeiro, de 33 anos e da 1300 Taberna, e João Pedro Santos, de 39 anos e do The Yeatman, ficaram ainda, respectivamente, em segundo e terceiro lugar. Pode consultar as pontuações aqui. Estiveram também em competição António Pedro Fernandes, de 27 anos e do Porto Royal Bridges, do grupo Jase Hotels & Resort, e Wilson Costa, de 31 anos e do Hotel Vale d’Oliveiras Quinta Resort & Spa.

Ricardo Luz apresentou ao júri um menu composto de Caldeirada de Bacalhau, Ravioli de Sames e Língua (entrada), Salmonete e seus Fígados, Ervilhas e Milhos Fermentados (peixe), Presa de Porco, Rabo, Nabo e Couve (carne), Arroz de Cherne e Gamba da Costa (prato tradicional de tacho) e Sericaia de Morangos e Poejo (sobremesa).

Nesta edição do CCA compuseram o júri o chefe Alexandre Silva, o chefe António Bóia, o chefe Helmut Ziebell, o chefe Nuno Diniz, o chefe Orlando Esteves e o chefe Paulo Pinto. Contou-se ainda com a participação dos chefes Onildo Rocha e Fernando Cardoso (CCA 2018) enquanto chefes observadores.

Este ano, o concurso teve o patrocínio da Makro, da Brasmar, da Estrella Damm e da ICEL. Contou também com os produtos oficiais da ASPOC (carne de coelho), Bom Sucesso (arroz), Koppert Kress (micro-vegetais e ervas), LAVA (utensílios de cozinha) e Seafood From Norway (bacalhau), tendo sido a jaleca oficial fornecida pela Prochef. A par destes, teve como parceiros a Bonduelle, a Fripan e a Rational. Nesta 30ª edição houve ainda o apoio da NX Hotelaria e da Teka bem como o apoio institucional das Escolas de Turismo de Portugal, da Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal (ACPP), da Chaîne de Rotisseurs e da Rede T.