Daniela Polido, chefe de cozinha do restaurante Celmar, em Sesimbra, é a vencedora da segunda etapa regional da 31.ª edição da competição Chefe Cozinheiro do Ano 2020, que decorreu hoje, na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal.

A vencedora apresentou um menu completo composto por Sopa de cantaril anisada com sorbet de cheróvia (Sopa), Enguia na brasa, sobrassada e chícharos (Prato de Peixe), Pá de cabrito, tutano e trigo sarraceno (Prato Tradicional de Carne) e Queijo, vinho e azeitona (Sobremesa).

“Ganhar é a concretização de meses de trabalho e dedicação. É uma satisfação enorme e uma descarga de adrenalina gigante, porque foi tudo ali muito ao minuto. Agora na final, se fizer parte do lote de seis finalistas, vou tentar dar o meu melhor, ajustando tempos e aplicando os conselhos dados pelo júri”, afirmou Daniela Polido.

Em 2º e 3º lugar ficaram, respectivamente, Samuel Gabriel do Hotel Faro, em Faro e Eduarda Silva do Grand Hotel Açores Atlântico, em Ponta Delgada.

A equipa de júri foi composta pelos chefes António Bóia [presidente de júri] (JNcQUOI, Lisboa), Dieter Koschina (Vila Joya, Albufeira), João Oliveira (Vista, Portimão) e Louis Anjos (Bon Bon, Carvoeiro).

Ao mesmo tempo, realizou-se na FIL, em Lisboa, o seminário ‘Gerir um Negócio da Restauração’ com Paulo Amado, director do concurso. No evento foram abordados dois temas principais: ‘Gestão de Pessoas’ e ‘Promoção de um Restaurante’. Guilherme Spalk (Via Graça), Pedro Abril (Chapitô à Mesa), Rafael Ventura (Ventura Hospitality Consulting), Ricardo Raimundo (Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche), Cláudia Almeida e Silva (A Praça), Hugo Brito (Boi-Cavalo), Inês Matos Andrade (O Apartamento) e Vanessa Germano (Estrella Damm) foram os oradores convidados.

O próximo seminário abordará outros temas como ‘O que dizemos quando afirmamos que somos hospitalidade’ e ‘Os desafios à restauração independente’ e irá realizar-se no mesmo dia da etapa regional Centro, em Coimbra, a 25 de Novembro. Já a final nacional está marcada para dias 7 e 8 de Fevereiro de 2021, na Feira Internacional de Lisboa.

O Chefe Cozinheiro do Ano é, actualmente, o maior concurso nacional de cozinha para profissionais, cujo objectivo primordial passa pela valorização dos cozinheiros em Portugal. Em 2020, conta com o patrocínio principal da Makro, da Estrella Damm e da Icel. Conta também com o patrocínio do Arroz Bom Sucesso, da Lava e da NX Hotelaria. Tem ainda a parceria da Prochef, Gresilva, Carne Mertolenga, Bonduelle, Rational e Dry Ager. O parceiro institucional é a Feira Internacional de Lisboa. Tem ainda como apoio institucional as Escolas do Turismo de Portugal, ACPP, Rede-T, Chaîne des Rôtisseurs e Mar Portuguez. A Organização é da INTER Magazine.