Nome: Hugo Portela
Idade: 35 anos
Local de trabalho: Digby Restaurante & Bar, Porto
Percurso: Enoteca, L’Entracte, Hotel Vatel, Hotel Montreux Palace, Hotel Modern Times, The George


A primeira vez que cozinhaste, preparaste o quê?

Arroz branco e bife. Foi a minha mãe quem me ensinou para quando estivesse sozinho em casa.

Qual a personalidade do mundo da gastronomia que mais admiras e porquê?

A nível nacional é impossível fugir ao impacto que o compêndio de Maria de Lourdes Modesto sobre cozinha tradicional portuguesa teve e tem na minha vida profissional por isso escolho-a à frente de qualquer outra personalidade. A nível internacional e pela evolução no tipo de cozinha que foi desenvolvendo diria o Alain Passard.

Qual é o teu prato favorito?

Não tenho um único prato favorito, tenho vários, sou um bom garfo. Arroz de marisco, amêijoas à Bulhão pato, bacalhau à Braga, carne de porco à Alentejana, entre outros da cozinha tradicional portuguesa.

O que esperas da final do Chefe Cozinheiro do Ano?

Uma competição equilibrada e, no final, espero ouvir o meu nome como vencedor.